Categorias
Tutoriais

HTML: o que é e como interpretar?

Se você trabalha com esse SEO, com certeza você sabe o que é HTML. ou se preferir linguagem de marcação de hipertexto, saiba mais!

Se você trabalha com esse SEO, com certeza você sabe o que é HTML. ou se preferir linguagem de marcação de hipertexto, essa prática ajuda muito no ranqueamento de texto para o Google. E como nós vamos ver ela mais antiga do que muitos podem imaginar, vindo desde a idade média e não se restringindo apenas aos textos.

O chamado hiperlink vem desde os tempos mais antigos onde haviam as citações a determinado artigo texto ou ensaio em uma obra. Ele existe nos mais diversos tipos de textos e não está restrita apenas a internet. Mas com a chegada do SEO como forma de ranqueamento para o Google ele toma outra forma, fazendo com que os textos possam ter uma melhor posição ao serem marcados um texto de referência e ao referenciarem.

Por isso hoje vamos entender melhor sobre o que é HTML, Hipertexto e como ele pode ajudar um texto a ser mais bem ranqueado. Além de alguns segredos de como você pode usar ele a seu favor a marcação HTML ao seu favor.

Leia mais: Código Fonte de sites: o que é e como interpretar?

Um pouco mais sobre a origem do Hipertexto e o HTML

A técnica de usar referência a outras obras vem desde os tempos mais antigos quando os autores em determinado momento citam outros autores dentro de um texto. Quando os estudiosos em determinado momento citavam outros estudos relacionados aos seus dentro de algum artigo. Portanto a prática do hipertexto pode-se dizer que vem desde os tempos em que o texto como conhecemos atualmente existe.

Você referenciar outro autor deixa seu texto mais rico e agrega mais credibilidade ao seu texto. E em determinados casos podem impulsionar o texto que esteja ligado ao seu como nós vamos falar mais à frente. Ou fazer com que o mesmo possa ter mais credibilidade.

No meio científico o hipertexto é até essencial para que haja a consideração de um artigo científico por exemplo sem as referências ele se torna um ensaio Como podemos ver ele é fundamental para qualquer tipo de texto pois ele agrega muito mais valor.

E o HTML não é apenas uma citação simples, ela envolve uma linguagem específica assim como o código fonte. E vamos ver um pouco melhor como fazer para compreender melhor sua linguagem.

Linguagem HTML

Assim como o código Fonte, a linguagem HTML tem suas particularidades. Por isso é importante compreender bem o que ela quer dizer. Vamos apresentar para você um guia rápido do que cada tag significa:

  • <hr />: Elemento marcador que não possui filhos
  • <a>: Abertura de marcador
  • </a>: Marcador de fechamento
  • href: Definidor de URL
  • p: Marcador que define um parágrafo
  • a: Marcador que define
  • target: Marcação que define como o hiperlink será aberto
  • _self: Define como o hiperlink será aberto na mesma guia
  • /: Fechamento de Elemento

Para compreender melhor essa nomenclatura é preciso compreender que cada uma delas atribui um determinado valor, atributos e filhos. Aqui, buscamos trazer o básico para você conseguir compreender seu HTML.

Mas agora vamos entender mais sobre a relação do HTML com SEO. E dar algumas dicas de como ele pode melhorar seu posicionamento.

O HTML e o SEO

Como dissemos anteriormente, as referências geram muito mais valor ao nosso texto. E desta forma, o hipertexto ganha muito destaque para o SEO. Isso porque com os avanços da Inteligência Artificial do Google muitos critérios foram usados para utilizar os textos, o principal deles foi o hipertexto e o papel do HTML.

O hipertexto serve para situar de onde o texto viria, ele pode ser do próprio site como fora do site outros sites. Para um bom ranqueamento no Google é necessário que tenha links dos 2 formas para que possa levar tanto para sua página quanto para uma página de referência.

Ainda não se sabe ao certo como são definidas regras para o hipertexto assim como todas as regras de SEO do Google. Não se sabe muito ao certo mas o que se sabe é que para seu texto estar bem posicionado você necessita linkar um texto de uma página de referência. E o HTML pode lhe ajudar muito a melhorar a sua métrica.

Por isso vamos ver a seguir algumas dicas para você fazer um bom uso do HTML sem pisar na bola. E acabar utilizando esse recurso da maneira errada vamos ver como usar as referências da maneira correta.

Dicas de como usar bem as referências

Alguns fatores que já se mostraram muito eficientes para realizar um bom posicionamento do seu artigo. O rankeamento do Google se você se diz bem essas dicas você com certeza terá êxito com o seu artigo e ele estará numa posição melhor.

Por isso vamos ver algumas opções de como fazer seu texto ser mais bem posicionado.

  • A primeira dica fica a cargo do texto que será citado. Isso porque não basta apenas você fazer referência a um texto, mas sim que esse texto tem algo a ver com o texto que você está produzindo. Por exemplo, você não pode citar um texto de culinária em um artigo de economia ou em outro caso, você não pode citar um artigo de Economia num artigo de literatura. Pois são muitos diferentes e essas práticas acabam sendo mal vistas pelo Google e fazendo com que o texto.
  • É preciso também ter o cuidado de pesquisar bastante as fontes sempre usando sites de referência. Seja em qualquer assunto que você quiser compartilhar, pois sites pequenos e com poucos acessos em alguns casos podem também acontecer como dissemos acima o Google pode interpretar isso mal e fazer com que o seu texto não suba tanto quanto ele poderia. E ele acabou por não ser tão bem rankeado.
  • A última dica fica a cargo de quantos links o seu artigo pode ter isso porque um excesso de links tanto interno quanto externo pode fazer o texto ficar irregular com uma leitura difícil. Além de fazer as pessoas eventualmente irem para outros textos e não terminarem de ler o seu texto.

Em suma, essas são apenas algumas dicas para que você possa ter mais vezes a usar o HTML da forma adequada.

Como que não temos uma regra específica mas essas dicas são bastante válidas para você ter um texto bem utilizado.